Logo-Casp.png
Buscar

5 dicas para ter um melhor CONTROLE FINANCEIRO

Ter controle financeiro é o primeiro passo para cuidar do seu dinheiro. Quando a gente é jovem, é comum não valorizarmos a educação financeira, mas ela está aí para ser aplicada.

O controle financeiro é o caminho para entender bem como está a sua renda, os seus gastos e o que pode ser melhorado para sobrar mais dinheiro no fim do mês. Dinheiro esse que pode ser usado para reserva financeira, investimento e, consequentemente, para multiplicar sua renda.

Aqui, não estamos falando só sobre dinheiro, esquece isso! Estamos falando de qualidade de vida, afinal, ter controle financeiro significa menos preocupações com as contas do mês e mais chances de se programar para alcançar seus objetivos.

  1. Acompanhar os gastos

Sem dúvidas este é um dos grandes problemas de quem está aprendendo a ter controle financeiro pessoal. Não importa o tamanho do valor, é fundamental acompanhar todo o dinheiro que foi gasto, mesmo que seja centavos. Entenda: para um bom planejamento financeiro isso é essencial.

Para facilitar esse processo, que pode ser difícil para quem está começando, é possível apostar em aplicativos de controle de gastos. Na dinâmica desta solução, anote tudo que foi gasto, assim como, tente especificar horário e local, dessa maneira, fica mais fácil analisá-los em outro momento.

2. Entender com o que você está gastando dinheiro Não é algo a se espantar e sim uma verdade. Muitas pessoas não sabem exatamente o quanto ganham. Afinal, o salário líquido pode sofrer variações, da mesma forma que a entrada de outros valores, como aluguéis de propriedades, trabalhos avulsos, vendas de itens usados e afins.

3. Não dependa somente do cartão de crédito O cartão de crédito é uma solução e tanto. Quando gastamos nele, ainda podemos ganhar pontos em sistemas de benefícios e milhas, podendo surtir efeito em ‘’mimos’’ como em uma futura compra ou viagem. Porém, é essencial que seu uso seja feito com sabedoria.

Parcelamentos sempre podem ser ótimos, principalmente se tratando de compras grandes e caras, porém, é um recurso que precisa ser utilizado com bastante cautela. O que é somente um pequeno valor hoje pode acumular no futuro. Não se esqueça que parcelar não é sinônimo de economizar, afinal, todo o valor deverá ser pago no futuro.

4. Dê valor ao dinheiro, não caia no imediatismo Se você identifica algo como promoção ou “baratinho”, tente olhar além do valor daquele produto. Ao invés disso, faça uma análise real da sua necessidade, ou ainda, procure reconhecer os motivos de querer aquele item.

Procure olhar além do valor e se perguntar porque deseja algo, além de analisar se realmente precisa daquilo naquele momento. Se realmente não for um gasto essencial, que tal adiá-lo um pouquinho?

Afinal, o que pode acontecer nesse meio tempo é o desinteresse de comprar aquilo que você não tinha tanta certeza se realmente queria.

5. Não deixe o dinheiro parado O dinheiro parado não rende nada, o que é longe do que você está realmente buscando. Nesse sentido, crie sua reserva financeira em algum sistema de investimentos em renda fixa ou com ajuda do consórcio, que te ajuda a conquistar seus objetivos enquanto você guarda os recursos necessários.

Pronto! Agora você está por dentro dos hábitos que estão atrapalhando seu controle financeiro pessoal.

Entre em contato e confira nossas soluções. 📞 (48) 3374-6997


Nosso Endereço

Rua Elizeu Di Bernardi, 688

Campinas - São José | SC

CEP 88101-050 | Piso Superior

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
Horário de Funcionamento

Segunda a sexta-feira das 8h30min às 12h | 13h30min às 18h30min

(48) 3374-6997